Notícias

A pequena Natália Pereira agora é da base avaiana

Natália Pereira, craque aos 9 anos, agora na base avaiana  Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC

A pequena Nati Pereira, 9 anos, será a atração da base avaiana para a atual temporada. Ela foi aprovada em um teste de avaliação e irá atuar com os menino na equipe Sub-10 do Avaí no futebol de campo e também representar o Leão da Ilha no Futsal. É um sonho para esta menina, filha de pais jornalistas, que vê em seu futuro uma trajetória de sucesso no futebol profissional. Ainda tímida, neste sábado ela visitou o treinamento do Avaí para o clássico e chegou a bater bola com alguns atletas.

Natália Pereira, nascida em 07.06.2009 (9 anos), filha de Fabiano Linhares e de Karina Pereira, começou a jogar futebol aos 7 anos com o incentivo do irmão mais velho, goleiro na AD Colegial, do Colégio Catarinense. Fã da alagoana Marta, a melhor do mundo, logo se destacou e virou atração nas categorias de base do colégio. Já teve algumas experiências interessantes, como atuar ao lado das atletas campeãs da Libertadores de Futsal de Lages, Leoas da Serra.

“Para nós pais é a realização de um sonho. Vencer barreiras, buscar alternativas para proporcionar esta alegria para ela. Dar condições para mostrar e desenvolver seu talendo. Com a aprovação no Avaí, time que ela torce, a alegria é muito maior”, disse Fabiano Linhares. A mãe, Karyna Pereira fala da experiência que ela teve ao ser aprovada no Centro Olímpico em São Paulo, onde também poderá desenvolver seu potencial. Uma vez por mês ela viaja para participar dos treinamentos.

Neste sábadoi (26), véspera do clássico, Natália bateu uma bolinha com Betão, que tem filho na mesma idade dela. “É um desafio para ela e uma oportunidade para buscar evoluir e desenvolver todo o seu talento”, destacou o capitão. Betão não escondeu a alegria em trocar passes com Nati. Em seguida, ela também participou de uma rodinha com outros atletas, conversou com o técnico Geninho, com o presidente Battistotti e demais dirigentes.

Nati é conhecida dos atletas avaianos, pois frequenta com desenvoltura as redes sociais, onde aparece sempre em destaque. Vai atuar na equipe do professor Lucas Colturato e mesmo com 9 anos, atuará com meninos de 10 ou até 11 anos. Este ano o Avaí terá uma equipe disputando o Campeonato Catarinense e até a possibilidade do Brasileiro A2. Oportunidades quer se abrem no futuro para defender o Leão em competições oficiais.

Diogo Fernandes, coordenador geral das categorias de base do Avaí falou com alegria da aprovação de Nati para participar desta categoria. Segundo ele, Nati tem um bom espaço de aprendizado até os 13 anos, quando terá que atuar em equipes femininas, conforme indica a legislação. “Ela tem grande potencial e foi aprovada por isso. Não por ser mulher, mas pela qualidade, pelo destaque, o que é muito bom para ela e também para o Avaí”, completou.

Battistotti com a mais nova craque da base avaiana  Foto: Divulgação / Avaí FC

Geninho demonstrou carinho com a pequena Nati   Foto: Divulgação / Avaí FC

Momento tiete da pequena Nati com o capitão Betão Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC