Notícias

Avaí representa Santa Catarina no Gothia Cup, na Suécia

Presidente Francisco José Battistotti estará com a delegação na Suécia para o Gothia Cup. | Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

O Avaí participará de 15 a 20 de julho, na cidade de Gotemburgo, na Suécia, do Troféu Gothia Cup, evento internacional que fortalecerá a marca Avaí na Europa. O presidente Francisco José Battistotti, que viaja chefiando uma delegação de 25 pessoas, entre atletas, comissão técnica e o coordenador geral da base, Diogo Fernandes, exalta a importância de o Avaí participar pela primeira vez deste evento. Por ser a maior competição de base do mundo, o Avaí sente-se orgulhoso em estar no evento, valorizando todo o trabalho realizado pelas categorias de base.

O Avaí tem o certificado de Clube Formador, um reconhecimento da CBF aos clubes que investem em suas categorias de base. A responsabilidade aumenta a partir do momento em que o Avaí é o único representante de Santa Catarina na competição. Além do Avaí, Audax também representará o nosso País. São 12 equipes suecas participantes e outras 12 equipes convidadas de outras partes do mundo, em seis grupos, com quatro equipes cada.

“O Avaí sempre teve este viés de revelar valores. Em nossa gestão, não temos medido esforços para oferecer a todas as categorias de base, a estrutura necessária para revelar atletas. E temos conseguido os resultados esperados. Lembro de Guga, lateral direito que negociamos com o Atlético-MG e já está na Seleção Brasileira Pré-Olímpica. O zagueiro Gabriel, que foi da base da Seleção também, oriundo de nossa base, e hoje reforça o Lille, na França”, destacou Battistotti.

“É um motivo de orgulho para todos nós o trabalho feito na base e os resultados que conquistamos em todas as categorias. O Avaí tem esta vocação, investe nas comissões técnicas, em pessoal especializado, e dá suporte para que os atletas possam evoluir e crescer. Estamos felizes com o que conquistamos até o momento. Ver estes atletas brilhando no profissional é uma alegria para toda a família avaiana”, disse o presidente.

O coordenador das categorias de base do clube, Diogo Fernandes, também destaca a importância do trabalho que é feito para a captação de talentos e lapidação dos diamantes que chegam para reforçar o Leão da Ilha ainda bem novos. “Aqui o atleta é acolhido, vem para uma família onde recebe um tratamento de proteção e assistência. São garotos que deixam suas famílias e outros que nem tem família estruturada. Aqui estão em casa e crescem como atletas e cidadãos”, completou Diogo.

Elenco do Sub-17 que irá disputar o Gothia Cup, na Suécia. | Foto: Alceu Atherino/Avaí F. C.