Notícias

Kelvin é apresentado e diz ter objetivo de vencer com o Avaí

Kelvin manda um recado de otimismo para a torcida azurra     Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC

O Avaí apresentou na tarde desta quarta-feira (26) o atacante Kelvin, 26 anos, que já tinha feito sua estreia na vitória sobre o Joinville por 2 x 1, no Estádio da Ressacada. Pelo protocolo oficial do clube e seguindo o cronograma de apresentações, Kelvin vestiu a camisa 21, que usará durante a temporada e em seguida concedeu a sua primeira entrevista coletiva.

O presidente Battistotti destacou a importância do atacante para o clube. Em seguida foi a vez de Diogo Fernandes, coordenador de futebol do Avaí. Diogo discorreu sobre a carreira do atletas, seus principais momentos e os clubes que defendeu. Logo em seguida foi a vez de Marquinhos, gerente de futebol. Atleta tem total confiança do clube, jogador de qualidade e com grande diferencial, disse Marquinhos.

O atleta tem passagens por grandes clubes do futebol brasileiro e também fora do país. “Fico feliz de estar vestindo esta camisa. O clube depositando total confiança no meu futebol. Projeto bom, interessei bastante. Vi que poderia ajudar, elenco bom, conhecia a maioria. Sei que será um momento bom para todos nós. Rapaziada receptiva, muito boa. Todos com o mesmo objetivo. Acho que será o ano para a gente dar certo”, disse Kelvin.

Nascido em Curitiba, em 1º de junho de 1993, Kelvin tem 1,75m. Iniciou sua carreira nas categorias de base do Paraná. Em 12 de outubro de 2010 fez sua estreia como profissional. E construiu a partir daí uma carreira sólida, apesar de ainda ter pela frente muitos anos de bola.

No FC Porto, em Portugal, em 2011, iniciou um salto em sua carreira. Ao chegar em Porto, logo foi emprestado ao Rio Ave para ganhar experiência. No retorno ao Porto, Kelvin obteve grande destaque ao final da temporada, sendo decisivo para a conquista do tricampeonato portugués, marcando 3 gols nos últimos 3 jogos.

Depois a experiência europeia, Kelvin foi para o Palmeiras em 2015, emprestado por uma temporada. Um ano depois, em 2016, foi emprestado ao São Paulo, onde fez grandes jogos. Em 2017 foi emprestado ao Vasco da Gama e renovou seu contrato com o clube carioca ao final da temporada. Retornou ao FC Porto e chegou a um acordo para sua saída.

Passou ainda por Fluminense e Coritiba até fechar nesta temporada com o Avaí. O Avaí abre as portas para que Kelvin ajude na caminhada de retorno à Série A.

Presidente Battistotti ao lado do atacante   Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC