Notícias

Nota oficial: Avaí Futebol Clube

O Avaí Futebol Clube e seus poderes constituídos, vem a público manifestar sua completa indignação com os comentários efetuados pelo jornalista Pedro Rocha, da NSC Chapecó, em sua participação no Jornal do Almoço da última sexta-feira (7), na afiliada local.

Tentar criar clima de rivalidade entre cidades amigas, como Chapecó e Florianópolis, beira ao ridículo e é de uma irresponsabilidade imensurável.

Avaí e Chapecoense tem uma relação respeitosa e de amizade ao longo dos anos, o Avaí chegando ao seu centenário e a Chapecoense perto do seu cinqüentenário.

Além de Chapecó, o Avaí sempre procurou estabelecer uma boa relação com todas as cidades e demais clubes do futebol catarinense. Esta relação existente entre as cidades, não pode ser enxovalhada por um irresponsável, sem conhecer nossa bonita história.

A responsabilidade do Avaí é muito grande nas ações de integração estadual, já demonstrada nas estampas das camisas dos goleiros ao longo de cinco anos. Todos os municípios foram homenageados, sendo, inclusive, a primeira homenagem feita à cidade de Chapecó.

A NSC, tão zelosa em sua conduta editorial, deveria respeitar a história do futebol catarinense, um produto que é matéria prima de seu trabalho na arte de bem informar a população catarinense.

Assim como a NSC, via seus comentaristas, que contestaram a nota do Avaí a respeito da agressão sofrida pelo repórter Janniter Decordes, diga-se de passagem, efetuada por um torcedor em via pública, agressão que partiu de fora para dentro do CT, também contestamos a nota emitida pela emissora neste sábado.

O Avaí reforça que sempre repudiou qualquer forma de violência, seja física ou verbal.

O Avaí e sua torcida exigem muito mais respostas de uma emissora que tem responsabilidade de zelar pela ética e os bons costumes. Um pedido de desculpas é pouco diante de um fato tão grave como este.