Notícias

Parceria entre Avaí e UFSC para avaliação isocinética de atletas da base

A parceria entre o Avaí e o Laboratório de Esforço Físico (LAEF), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) proporcionou a realização da avaliação isocinética de todos os atletas da categoria Sub-20 do clube, que se reapresentaram esta semana para a temporada 2020. A equipe vai defender o título estadual da categoria e tem como desafio a Copa Brasil Sub-20, a partir de março.

O uso do equipamento conhecido como Dinamômetro Isocinético, que o LAEF possui, foi fundamental para esta avaliação, na opinião do fisiologista do Avaí, Pedro Mohr, que fez todo o seu mestrado neste local. O preparador físico do Avaí, Jaelson Ortiz, incentivou a realização das avaliações neste local, que conhece bem por ser também ex-aluno do laboratório, onde desenvolveu a dissertação de mestrado e a tese de doutorado.

O profissional, que acompanhou toda a avaliação, em conjunto com o professor Bruno Moura, destacou que este trabalho vai proporcionar dar feecback ao preparador físico, trabalhar eventuais desequilíbrios musculares e identificar o nível de força. “Tudo voltado a prevenir lesões e melhorar o desempenho dentro de campo”, acrescentou.

Foram avaliados 40 atletas e outros cinco novos contratados da Copa SP farão os testes na próxima segunda-feira (17/02). Além da categoria Sub-20, serão avaliados também neste equipamento, na sequência de reapresentação, os atletas da categoria Sub-17. Os atletas submetidos ao dinamômetro isocinético, alguns realizando pela primeira vez, gostaram da avaliação e entenderam a importância da coleta desses dados. “É bom eles irem se acostumando, pois no profissional, quando da contratação, o exame é obrigatório, uma garantia para atleta e clube no início do trabalho”, completou Pedro Mohr.

Na visão do professor Dr. Ricardo Dantas, um dos coordenadores do LAEF, esta tarefa tem um significado valioso. “Estreitar os laços entre a teoria e a prática. A partir do diagnóstico de força e resistência muscular obtidos no laboratório, a comissão técnica pode trabalhar com mais precisão, evitando futuras lesões e favorecendo o desempenho de cada jogador”.

O atacante Adiel, um dos destaques na última temporada e artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Junior, também participou do exame isocinético. “Nos dá segurança a análise desses dados, pois representa uma garantia ao prevenir lesões e realizar o trabalho dentro das nossas necessidades”, disse o atacante. Rodriguinho, destaque na Copa SP, e Zé Henrique, volante, também participaram das das avaliações.

A equipe Sub-20 do Avaí tem jogo decisivo no dia 18 de março, na Ressacada, pela Copa Brasil Sub-20, único Catarinense na competição. Será a largada da temporada, desafio para o treinador Fabrício Bento e sua equipe de trabalho. O confronto será contra o Nacional, de Manaus, em jogo único. E a partir de 10 de abril, o Estadual da Categoria, com a defesa do título conquistado ao final do ano passado.

Rodriguinho do Sub-20

Zé Henrique, volante

Adiel, artilheiro da Copa SP