Notícias

Avaí parabeniza Pelé, o Rei do Futebol, pelos seus 80 anos

A cidade parou para ver Pelé contra o Avaí no Adolfo Konder           Foto: Reprodução / Livro O Time da Raça

O Avaí Futebol Clube cumprimenta o Rei Pelé pela passagem de seus 80 anos nesta data, sexta-feira (23/10). O atleta do século e reverenciado pelo mundo do futebol. E o Avaí parabeniza este atleta que foi exemplo de humildade e demonstrou seu talento pelos gramados do mundo. O “Rei do Futebol”, termo cunhado por Nelson Rodrigues, será eterno.

O Avaí se orgulha de ter recebido o Rei no dia 15 de agosto de 1972, no Estádio Adolfo Konder, para um amistoso que entrou para a história diante do Santos. A cidade de Florianópolis parou para ver Pelé, que estava em campo e desfilou seu talento no antigo gramado da rua Bocaiúva.

Neste jogo amistoso tão aguardado, a primeira vez que o Rei do Futebol jogou em Florianópolis. O Avaí foi derrotado pelo Santos por 2 x 1, com gols de Alcindo. O gol avaiano foi do atacante Lica, em chute de fora da área, gol de empate ainda no primeiro tempo.

O placar pouco importou. O jogo entrou para história. O Estádio estava lotado naquela tarde de terça-feira, um público estimado em 30 mil torcedores. O livro “O Time da Raça” – Almanaque de 90 anos do Avaí Futebol Clube, de Adalberto Jorge Kluser, Felipe Matos, Spyros Apóstolo Diamantaras, contou a história da partida.

O Avaí neste dia jogou com Rubens; Gonzaga, Lili, Batista e Orivaldo; Miltinho, Rogério e Moacir; Toninho (Balduíno), Lica e Ismael. Técnico era Zezé. O Santos atuou com Cejas; Orlando, Paulo, Oberdan, Zé Carlos, Léo (Afonsinho), Nenê, Jader, Alcindo, Pelé e Edu (Ferreira). Técnico foi Pepe. O árbitro foi José Carlos Bezerra. Com público estimado em 30 mil torcedores e renda de Cr$ 121.630,00.

Pelé ganhou três Copas do Mundo e uma conquista infindável de título. O seu gol mil, histórico, sobre o Vasco da Gama no Maracanã, chamou a atenção do mundo do futebol. Ele parou de jogar em 1977, mas é uma das pessoas mais reconhecidas no mundo. Marcou recorde de 1.281 gols em 1.363 jogos pelo clube e Seleção Brasileira. Mas tudo que se falar aqui será pouco diante da grandeza deste brasileiro que encantou o planeta.