Notícias

Capa dedica vitória ao pai

Familiares vieram de Serrinha para apoiar o lateral esquerdo Capa                              Foto: reprodução Premiere

A força que veio da arquibancada no jogo diante do Bahia naquele domingo (16) de julho, empate em 1 x 1, voltou a se manifestar na noite deste sábado (12), no Barradão, quando o Avaí conquistou importante vitória por 1 x 0 sobre o Vitória. Lá estava toda a família do lateral esquerdo Capa, que veio em caravana de Serrinha, cidade distante a 173 km de Salvador e onde nasceu o jogador. Após a partida, Capa fez questão de ir até o local onde estavam estes conterrâneos para agradecer o apoio, falar com o pai Edson Carlos, sua mãe Andréia e o irmão. Além dos primos, tios e vizinhos, gente que cresceu ao lado dele, mas não teve a felicidade de se transformar jogador profissional.

“Uma alegria imensa estar ao lado dos meus familiares, gente humilde que me apoia sempre. Ver aqui o meu pai, a minha mãe. Eles sempre me dão muita força, entusiasmo e me emociono com a alegria deles. Quero dedicar esta vitória ao meu pai, guerreiro, que sempre me incentivou”, disse o jogador. Ele foi liberado pelo técnico Claudinei Oliveira para viajar até Serrinha e passar o domingo dos pais com a família. Embarcou em outro ônibus, viajou para a terra natal ao lado dos familiares. Capa se reapresenta na terça-feira, quando o Avaí segue com sua preparação para enfrentar o São Paulo no próximo domingo, na Ressacada.

Capa foi até o alambrado do Barradão e jogou sua camisa para os torcedores de Serrinha. Em retribuição, ganhou outra camisa com sua foto estampada na frente, a mesma camisa que a maioria do grupo baiano estava usando para apoiá-lo. Os pais são separados, mas na torcida pelo jogador, estão sempre juntos. Foi assim diante do Bahia e agora também. Seu Edson Carlos Santos Lima disse em entrevista ao canal Premiere, que “se tivesse que morrer hoje, morreria feliz com a alegria dada pelo filho famoso. Muito contente com o Capa, um guri maravilhoso e que só nos dá alegria”, completou.

Capa dá entrevista e dedica a vitória ao pai Edson Carlos Foto: reprodução Premiere