Notícias

Claudinei Oliveira projeta recuperação

Claudinei confiante na recuperação e enaltecendo jogadores que voltam ao time       Foto: Divulgação / Avaí FC

O técnico Claudinei Oliveira chega em Salvador com o time pronto para tentar surpreender o Vitória no Barradão, neste sábado, às 19 h, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe atuará com três desfalques, mas o técnico fez questão de destacar os atletas que estão entrando e sua importância dentro do contexto do trabalho que o Avaí vem apresentando. Observou, principalmente, a entrada do atacante Willians no lugar de Juan, pelas características deste jogador, cuja estatística justifica sua condição de titular, pelas assistências, ocupação de espaço e velocidade. além de  já  ter jogado no adversário e conhecer bem o local da partida.  Luan ocupa a vaga de Judson, enquanto Rômulo jogará por dentro, centralizado no lugar de Joel.

A reação do Avaí passa por estes jogos, segundo o técnico. “O Avaí precisa aproveitar agora a sequência em casa. Não podemos deixar o Vitória distanciar. Depois é a sequência de São Paulo e Chapecoense. Criar um clima favorável, colocar público no estádio e fazer um grande segundo turno”. Claudinei destacou ainda as opções que tem para a sequência neste jogo, confia bastante nos atletas que estão jogando. O fato de o técnico Vagner Mancini conhecer bem o Avaí é um ponto favorável ao adversário, mas isso não preocupa Claudinei. “Precisamos fazer bem o nosso trabalho, as escolhas certas para alcançar o resultado. O Mancini encaixou bons resultados, alterou a forma de sua equipe jogar e precisaremos estar atentos a isso”.

Segundo Claudinei, no atual momento da competição, é preciso concentração máxima, jogar dentro do limite. Evitar oscilar diante de adversários que estão lá embaixo, no mesmo patamar nosso. O treinador falou dos resultados em que o Avaí perdeu por muitos gols, o que não reflete o bom momento defensivo da equipe. O segredo é não desorganizar, disse o técnico e foi isso que ocorreu nestes jogos, segundo ele. “É preciso controlar a ansiedade dos jogadores, eles tem que confiar no que estão fazendo. Chegar aos gols, pois só 10 gols em 19 jogos é muito pouco. Que façam as coisas com naturalidade. Trabalhamos todas as situações de jogos e agora é buscar ganhar”.

O apoio que recebeu do grupo de jogadores após a goleada para o Atlético-PR foi importante para reforçar os laços que Claudinei tem com a equipe. “Eles entendem que o trabalho que estamos realizando é bom e que os resultado vão aparecer. Conversaram comigo, pediram para continuar na luta. Precisamos fazer os gols e traduzir o nosso padrão em vitórias. Assim vamos subir na tabela”, completou o técnico. Confira a entrevista na íntegra na TV Avaí.