Notícias

Conheça os treinadores das categorias de base do Leão 

Atualmente o Avaí Futebol Clube conta com as categorias Sub-20, Sub-17, Sub-15 e Sub-14. Entre os projetos de base do Leão está também o Avaí Mirins, criado em 2012, que engloba as categorias Sub-8, Sub-9, Sub-10, Sub-11, Sub-12 e Sub-13. No momento, não há treinador definido para o Sub-14. Entre os nomes de peso que o Avaí conta em suas comissões técnicas estão: Fabinho Cunha, Fabricio Bento, Gabriel Pelozato, Lucas Colturato, André Novello, Vitor Varella e Mateus Wessler. Abaixo, conheça um pouco cada um deles:

Fabinho Cunha – Sub 20

 

Foto: Fabiano Rateke/Avaí F.C.

 

Natural de Londrina, no Paraná, o técnico Fabinho Cunha, 49 anos, passou pelo Avaí pela primeira vez em 2012 e retornou no ano de 2020. Nas duas passagens pelo Leão, Fabinho acumula títulos. Entre as conquistas do treinador estão: Catarinense no Sub-17, em 2012, no Sub-20, em 2014 e 2021; Avaí International Cup Sub-16, em 2012, e semifinalista da Copa do Brasil Sub-20 em 2021. O comandante falou sobre o atual elenco Sub-20.  “Na categoria Sub-20, como em todas as categorias, temos atletas de muita qualidade, tanto que alguns já fazem parte da nossa equipe profissional, mesmo ainda tendo a idade da categoria, atletas que com o tempo irão com certeza dar alegria ao nosso torcedor”, afirmou.

Fabinho contou da sua felicidade em ver seu trabalho rendendo frutos. “Tenho a grata satisfação de ter trabalhado e treinado os atletas Raphinha e Gabriel Magalhães, que hoje estão na nossa seleção brasileira principal, além de outros jogadores que estão brilhando pelo mundo”, declarou.

Fabrício Bento – Sub 17

Foto: Leandro Boeira/Avaí F.C.

 

Fabrício Bento, 46 anos, nasceu na capital de São Paulo. Ex-atleta do Leão, Fabrício teve passagens pelo Avaí como jogador nos anos de 2002, 2007 e 2008, ano do acesso à Série A do Brasileiro. Sua trajetória como treinador no Avaí se iniciou em 2013, pela categoria Sub-15. Em 2014, pelo Sub-17, também foi coordenador técnico da categoria de base. Em 2018, Fabrício treinou o Sub-23 e 20 enquanto auxiliava o comando do profissional. Recentemente, o treinador comandou a equipe Sub-17 e fará sua estreia como técnico interino pela equipe profissional nesta quarta, dia 09 de fevereiro, contra o Brusque pelo Catarinense 2022.

Fabrício falou sobre a atual categoria e sua expectativa para 2022. “A categoria Sub-17 é uma das mais importantes e interessantes de trabalhar, onde você pega atletas que ainda estão em formação e trabalha para que chegam no Sub-20, ou mesmo no time principal. Nossa expectativa é que este ano a gente consiga êxito nos campeonatos e formar não só jogadores para o Avaí, mas também formar cidadãos para a vida toda”, concluiu o treinador.

Gabriel Pelozato – Sub 15

 

Foto: Cael Sobral/Avaí F.C.


Natural de Florianópolis, com 27 anos, o treinador Gabriel Pelozato vem da nova safra de bons técnicos do Leão. Como estagiário na área de análise de desempenho, Pelozato chegou ao Avaí em 2017. Sua trajetória como técnico teve início no projeto social “Futebol e Cidadania”, organizado pela UDESC, em parceria com o Bangu do Rio Tavares, em Florianópolis. Inicialmente trabalhou como auxiliar técnico e a partir de 2020, se tornou treinador do Sub-14, realizando competições e podendo representar o clube até chegar à categoria Sub-15 em 2021.

Pelozato falou sobre a atual geração Sub-15 e deixou claro suas expectativas para este ano. “A categoria Sub-15 é muito importante, porque nela conseguimos inserir muitos comportamentos e princípios importantes na formação dos atletas. Seja dentro das quatro linhas ou fora delas como cidadãos. Os atletas ainda estão muito dispostos ao aprendizado do jogo, e isso contribui para o crescimento e evolução deles ao longo do processo. As expectativas são altas para 2022. A geração 2007 e 2008 vem vivenciando grandes jogos por meio de competições de alto nível e sentimos que eles estão bem preparados para fazer um bom ano”, finalizou o comandante.

Lucas Colturato – Sub 13 e Sub 12

 

Fotos: Fabiano Rateke/Avaí F.C


O treinador Lucas Colturato, 26 anos, é de São José do Rio Preto, cidade do interior de São Paulo. Em 2016, Lucas iniciou seu trabalho no Avaí como estagiário e após dois anos no clube, assumiu o comando do Sub-11 e Sub-10. Atualmente, o técnico treina as equipes Sub-13 e Sub-12 do clube.

Lucas espera fazer boas competições no ano de 2022 e faz um balanço da última temporada. “Eu avalio que o Sub-13 e Sub-12 devem fazer um bom ano, encerramos o ano passado com resultados expressivos com essas duas gerações. Acredito que vamos evoluir bastante, até pelo retorno das competições de alto nível, a nível nacional, e vejo que a gente vai entrar nessas competições disputando título com outras grandes camisas do Brasil, devido ao trabalho de captação e de formação que vem sendo feito no dia a dia”, relata o treinador.

André Novello – Sub 11

Foto: Fabiano Rateke/Avaí F.C.

Técnico do Leão desde 2020, André Cristiano Novello Júnior, de 25 anos, tem uma história também no futsal. Aos 15 anos de idade jogava na equipe de futsal do Avaí e com 21 anos, na mesma modalidade, voltou a representar as cores do Leão. Natural de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, mas residente em Florianópolis desde os 11 anos, André começou como auxiliar do treinador Lucas Colturato.

Depois foi preparador físico e auxiliar técnico das categorias Sub-9, Sub-10 e Sub-11. No ano de 2021, assumiu a categoria Sub-11, conquistando a Iberleague Sub-12. André também foi campeão do Estadual de futebol 7, campeão da Copa Floripa e iniciou o ano de 2022 campeão da Laranjeiras Cup. O técnico viaja em abril para disputar o Torneio Internacional Infantil do Clube União Micaelense de Açores, em Portugal.

André falou sobre o ano de 2022 da categoria Sub-11. “A geração 2011 do Avaí, é uma geração promissora, a nossa expectativa é a melhor possível, vamos trabalhar bastante para que a gente, como comissão, possa fazer o melhor para os atletas e que consigamos conquistar todos nossos objetivos”, concluiu o treinador.

 

Vitor Varela – Sub 09 e Sub 10

 

Foto: Fabiano Rateke/Avaí F.C.


Manezinho da ilha, Vitor Varela, de 31 anos, é o atual técnico das categorias Sub-09 e Sub-10. O técnico começou sua jornada no Leão como estagiário, em outubro de 2020. No início de 2021, foi chamado para ser auxiliar técnico das categorias Sub-10 e Sub-11 e, logo na sequência, assumiu o comando dessas respectivas categorias. Em agosto de 2021, o clube criou a categoria Sub-9, onde está até o momento como treinador, juntamente com a categoria Sub-10.

O técnico citou a importância de uma base vencedora e espera um ano vitorioso em 2022. “Por serem as primeiras categorias aqui no clube, o nosso principal objetivo é auxiliar no processo de formação de cada um dos atletas. Contudo, ambas as categorias conseguiram valorizar o trabalho de toda a comissão técnica e mostrar que é possível vencer valorizando o processo de formação”, disse.

Vitor destaca a atuação na BG KIDS 2021, conquistada pela categoria Sub 9, o primeiro título nacional das categorias menores do clube. “As expectativas para o ano de 2022 são as melhores possíveis nas categorias menores, visto que estamos com atletas cada vez mais identificados com o clube, estamos evoluindo bastante no que diz respeito a estrutura e captação de atletas e nosso quadro de profissionais é de excelência”, afirma o treinador.

Mateus Wessler – Sub 08

 

Foto: Fabiano Rateke/Avaí F.C.


Natural de Alfredo Wagner e residente em São José desde a infância, Mateus Wessler de  24 anos chegou ao clube no ano de 2019. Em seu primeiro ano como treinador do Leão, assumiu a categoria Sub-9 de futsal, e também se tornou auxiliar em campo na categoria Sub-9. No ano de 2022, Mateus se tornou o técnico da categoria Sub-8 de futebol de campo.

O comandante falou sobre a entrada de novos atletas na categoria e sua expectativa para 2022. “Iniciamos com a categoria nova na metade de 2021, visto que tínhamos atletas de muita qualidade no futsal e assim já oportunizamos eles no campo. Temos uma expectativa muito boa para esse ano, confiamos em nossos atletas e em nossa comissão para continuar o excelente trabalho como em todas as outras categorias”, finaliza o treinador.