Notícias

Atacante Copete reforça o Avaí em busca do acesso na temporada

Copete ao lado de Battistotti, Marco Aurélio e empresário Taveira                         Foto: Divulgação / Avaí FC

O atacante colombiano Copete, 33 anos (23/01/1988), é o novo reforço do Avaí para a campanha na Série B. O atleta foi recebido no começo da noite desta quarta-feira (23), no Estádio da Ressacada, pelo presidente Francisco José Battistotti e já assinou contrato até o final da temporada 2022. Nesta quinta-feira deve participar dos treinamentos com os demais companheiros e ficar à disposição do técnico Claudinei Oliveira.

O presidente Battistotti disse que a vinda de Copete faz parte do esforço que o clube está realizando para reforçar a equipe em busca de seu maior objetivo, que é chegar à Série A ao final da atual temporada. “O atleta construiu uma carreira vitoriosa e tenho certeza que vai nos ajudar nesta caminhada, conforme desejo de nossa comissão técnica. Faremos todo o esforço possível para atingir o objetivo de retornar à Série A”, disse o presidente.

Copete chega motivado com sua vinda para o Leão da Ilha. “Feliz com este novo desafio. Muito orgulho, muita motivação. Colocar o Avaí lá no alto. Uma equipe com grandes atletas, diretiva muito organizada. Importante vir aqui e dar o meu melhor. Crescer mais. A torcida pode esperar entrega, que caracterizou a minha passagem em todos os clubes. Quero fazer gols e dar o melhor”, completou.

Jonathan Copete Valencia estava sem clube, desde que deixou o Santos há uma semana, clube que defendeu por cinco temporadas. Atua como ponta esquerda, mas pode ser usado nas posições de ataque. Tornou-se o maior artilheiro estrangeiro do Santos com 26 gols e o quarto que mais vestiu a camisa santista. Na chegada falou por telefone com Claudinei Oliveira e também com o executivo de futebol Marco Aurélio Cunha, que deu as boas vindas.

Natural de Cali, Valle del Cauca, Colômbia, Copete iniciou a carreira profissional em 2005, na Venezuela, jogando pelo Trujillanos. Em 2007 assintou com o Atlético Trujillo, na segunda divisão, marcando 16 gols pelo clube na temporada em que o time conseguiu o acesso para a primeira divisão.

Depois de um ano de volta no Trujillanos, Copete assinou com outro time Venezuelano, o Zamora, onde conquistou o Clausura 2011, mas perdeu a final para o Deportivo Táchira. O atacante Colombiano também foi o artilheiro do Clausura 2011.

Em 2011, Copete se transferiu para o Independiente Santa Fé, sua primeira equipe no seu país de origem, a Colômbia. Lá, ele foi um jogador-chave na sua equipe a vitória no Apertura 2012, marcando sete gols, incluindo o gol do título na segunda partida da final contra o Deportivo Pasto.

Depois de uma temporada bem-sucedida no Santa Fe, Copete assinou com o Vélez Sársfield, da primeira divisão argentina. O Vélez adquiriu 50% de seus direitos por 3 milhões de dólares. Apesar de sofrer uma lesão logo no início, sua primeira temporada foi bem sucedida, ele ajudou o Vélez para obter o título do Campeonato Inicial de 2012.

Após ser um dos destaques do Nacional na Copa Libertadores de 2016, Copete assinou com o Santos em 27 de maio de 2016. O clube praiano pagou 1,5 milhão de dólares pela sua contratação, mas teve que esperar até 20 de junho para poder utilizar o jogador.

Estreou pelo clube em 29 de junho, entrando no segundo tempo marcando um gol e dando uma assistência na derrota por 3 a 2 para o Grêmio. Na partida seguinte diante da Chapecoense, entrou aos 11′ do 2º tempo e mudou a história da partida, o Santos venceu por 3 a 0 e Copete teve participação nos três gols do Santos, marcando um e dando assistência para outros dois.

Após esse inicio avassalador, caiu nas graças da torcida do Santos, sendo chamado de “Mito”. No dia 26 de julho de 2017 o Santos ganhou do Flamengo em partida válida pela Copa do Brasil por 4 a 2, com dois gols de Copete. Nesse dia ele ultrapassou o argentino Echevarrieta (década de 40) e se tornou o maior artilheiro estrangeiro da história do Santos.

Em 8 de junho de 2019, após não ser muito aproveitado pelo técnico Jorge Sampaoli com a limitação de jogadores estrangeiros, Copete foi emprestado ao clube mexicano Pachuca por um contrato de um ano. Em 7 de fevereiro de 2020, após encerrar seu vínculo com o Pachuca, Copete foi emprestado ao Everton de Viña del Mar. 

Retornou ao Santos em 14 de junho de 2020. Com a chegada do técnico Ariel Holan fez sua reestreia pelo clube em 10 de abril, entrando como substituto em um empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP, no Paulistão 2021. 

Em 7 de junho de 2021, o executivo do Santos, André Mazzuco confirmou em uma entrevista que o contrato de Jonathan Copete com a equipe do litoral paulista não será renovado e que, no final de junho, o vínculo entre jogador e clube ia se encerrar depois de quase 5 anos.

Pela Seleção Colombiana, foi convocado pela primeira vez pelo técnico José Pekerman para os jogos contra o Chile e a Argentina, válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Voltou a ser lembrado no inicio do ano de 2017, para o jogo da amizade, pelo qual foi realizado um amistoso entre Brasil e Colômbia.

Atleta disse estar feliz com o novo desafio e espera ajudar logo a equipe Foto: Divulgação / Avaí FC