Notícias

Eterna Paixão visita Juti e doa mobília para sua residência

Doações foram viabilizadas através de empresas parceiras e doações de torcedores Avaianas – FOTO Divulgação GAEP

Integrantes do Grupo Avaí Eterna Paixão (GAEP) estiveram neste final de semana (1º/05), no município de Novo Hamburgo-RS, onde realizaram visita ao ídolo JUTI, atacante Campeão Catarinense pelo Avaí em 1975. Além de muito carinho, os representantes da Nação Avaiana proporcionaram uma grande surpresa ao ex-atleta.

Através de uma grande mobilização do presidente do GAEP, Valdinei Albino, e de todos os integrantes da torcida e de empresas parceiras, Juti teve sua residência mobiliada em Novo Hamburgo-RS.
“O Grupo Avaí Eterna Paixão mobiliou a casa do artilheiro Juti. Foi emocionante! Quantas lembranças escutamos do Juti com Seu João Carlos Cueca, que nos acompanhou até lá. Os dois foram campeões em 1975 com o AVAÍ F.C! Ídolos… histórias vivas, que nos deixaram alucinados!”, disse Valdinei ainda bastante emocionado.

Com o apoio das Lojas Koerich, um caminhão percorreu mais de 450 quilômetros levando armários, geladeira, forno, fogão, ventilador, cama, colchão, travesseiros e roupa de cama e banho, aparelho de som, sanduicheira, garrafas térmicas, entre outros itens.

A chegada e o encontro com Juti foi emocionante e um forte agraço aconteceu entre Juti e Valdinei, quando as lágrimas correram.

Após a visita, Valdinei agradeceu todo o apoio de Beto Mello (GAEP) e de João Carlos Cueca, ex-atleta do Avaí, Dagoberto, ex-goleiro do Avaí, da Associação de ex-atletas do Sul do Brasil, ao Koerich e ao Avaí.

“Obrigado a todos que nos ajudaram para que essa ação fosse realizada com sucesso”, concluiu Valdinei.

O presidente do Avaí Futebol Clube, Francisco José Battistotti, agradeceu ao Valdinei pela ação de solidariedade.
“Eu quero dizer que o Avaí são vocês. Esse grupo Avaí Eterna Paixão, grupo que pensa no bem do Avaí, que pensa em levar o nome do Avaí pra frente, com positivismo. Não tem nada que agradecer a mim. Tem que agradecer a vocês que fazem pelo Avaí Futebol Clube. O Avaí é isso. O Avaí é uma família só. No período mal, ou no período bem, eu acho que essa família tem que permanecer unida. Obrigado por representar ao Avaí nesses trabalhos lindos que vocês fazem de assistência social”, disse Battistotti.

FOTO: Divulgação / GAEP

FOTO: Divulgação / GAEP